S.Vicente: Arrancam as obras do Centro de Diálise do Hospital Baptista de Sousa

O Governo procedeu, esta terça-feira, 15 , no Mindelo, ao ato de consignação das obras de construção do Centro de Hemodiálise do Hospital Baptista de Sousa, em São Vicente, marcando assim o início oficial desta empreitada com duração prevista de seis meses. O projeto, que vem desde o tempo do antigo ministro da Saúde Basilo Ramos no governo de José Maria, vai ser importante para os doentes crônicos de rins, que deixarão de serem evacuados para Portugal ou cidade da Praia, desligando-se da família que, que na maior parte das vezes, acaba por ficar desestruturada ou destruída.

Diante de tudo isto, o Jornal A Semana chegou a abordar, por várias vezes a questão, pressionando assim as autoridades no sentido de avançar tanto com o Centro da Diálise da Praia no Hospital Agostinho Neto como o do Mindelo, que só agora está sendo concretizado pelo actual Governo.

«Trata-se de uma obra de suma importância para a melhoria da qualidade de saúde, na área da nefrologia em Cabo Verde, pois irá diminuir consideravelmente o número de evacuações para tratamento renal em Portugal e os custos sociais associados a estas evacuações» diz em nota o Ministério da Saúde,

Orçada em 201 mil contos, a construção do Centro de Hemodiálise de São Vicente conta com o cofinanciamento do Governo de Portugal, em cerca de 53 mil contos, enquadrado no Protocolo tripartido de Cooperação no domínio da Saúde, assinado na segunda-feira, 14, entre o Ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário, a Ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, e a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Portugal, Teresa Ribeiro.

Fonte: Asemana