Polícia Nacional registou 37 homicídios em 2018, menos um do que 2017

Cabo Verde registou 37 homicídios em 2018, menos um do que no ano anterior, e sete do total por violência baseada no género (VBG), segundo dados apresentados hoje pela Polícia Nacional (PN) do país.

De acordo com os dados sobre as ocorrências registadas pela Polícia Nacional (PN), apresentados no âmbito do XIII Conselho de Comandos da PN, que acontece até terça-feira, na cidade da Praia, em 2018 o número de homicídios teve uma redução de 2,6%, correspondendo a menos uma morte do que o ano de 2017.

Do total de homicídios registados pela PN, sete foram por violência baseada no género (VBG), mais dois do que no ano anterior.

Quanto ao local da ocorrência, os dados da PN apontam que a maioria (19) ocorreram na ilha de Santiago, e em três municípios, com uma redução de nove mortes (-32,1).

Por concelhos da ilha de Santiago, a Praia, capital de Cabo Verde, registou 12 casos, numa diminuição de 25%, seguida de Santa Catarina (5) e Tarrafal (2).

O Sal foi a ilha que registou maior aumento de homicídios, com seis em 2018, quando no ano anterior tinha contabilizado apenas uma morte.

As outras ilhas também registaram casos, sendo Santo Antão e Fogo com três cada, seguida de São Vicente e Brava, com dois, e São Nicolau e Boavista com um homicídio cada durante o ano passado.

Fonte: Santiagomagazine