Parlamento. PAICV diz que recrutamentos da administração pública têm sido feitos com base em “simpatia partidária”