JPAI defende mais escola secundária para Santa Cruz

Fidel Cardoso de Pina visitou esta quarta-feira o município de Santa Cruz e entre os vários constrangimentos e desafios encontrados, este líder juvenil destaca a necessidade de mais escolas secundárias para os jovens santacruzenses.

Em nota de imprensa chegada à redação de Santiago Magazine, Fidel Cardoso de Pina informa que “esta visita serviu para a JPAI se inteirar dos grandes constrangimentos que o mau ano agrícola, trouxe a juventude daquele município, em especial no que tange ao insucesso e abandono escolar bem como o conhecimento real das políticas publicas da edilidade para a os jovens de Santa Cruz”.

Neste contexto, Cardoso de Pina entende que tendo em conta as especificidades e particularidades de Santa Cruz, a extensão territorial e numero de habitantes, existe a clara necessidade da construção de mais um Escola Secundaria no concelho.

“O contexto actual de seca e mau ano agrícola vem confirmar ainda mais esta necessidade. Vê como necessária evitando assim o insucesso e o abando escolar, principalmente por parte dos alunos das comunidades mais encravadas do município que muitas vezes percorrem enormes distâncias para chegarem a escola”, observa a referida nota de imprensa, que acrescenta que “o jovem político apelou ao Edil para não medir os esforços, junto a FICASE, no firme apoio ao transporte escolar a estes alunos altamente afetados pela seca e mau ano agrícola”.

Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal, Carlos Silva, realçou que “as políticas para a juventude têm sido claramente um dos focos desta autarquia”.

Aliás, reafirmou que a juventude é fundamental para desenvolver áreas estruturantes para o futuro do concelho, destacando a criação da Casa da Juventude, a aposta na formação profissional com a atribuição de quotas como critério de atribuição de subsídios, sendo a maior quota para as áreas que compõem os pilares do desenvolvimento de Santa Cruz, como Agricultura, Pesca e Pecuária.

A nível do desporto, Carlos Silva adiantou o arranque “das obras do primeiro Centro OlympAfrica, a política desportiva municipal focada no “desporto para todos” e a aposta na massificação da pratica desportiva em várias comunidades com a construção de infraestruturas desportivas em mais três localidades ainda neste mandato”.

O líder da juventude tambarina, conclui solicitando “a rápida efetivação do Conselho Municipal da Juventude, em processo de criação, já que permitirá a nível local reduzir a distância perante o jovem munícipe”.

Na opinião de Cardoso de Pina, o Conselho Municipal da Juventude “irá ampliar o diálogo e o debate com toda a juventude assegurando a expressão e o confronto de ideias com pluralidade de opiniões das diversas juventudes do concelho sejam elas partidárias, comunitárias ou desportivas com a Camara Municipal. Será um grande passo para uma melhor articulação das distintas políticas sectoriais da edilidade, permitindo uma melhor afirmação, provocando encontrar os caminhos para realização da juventude santacruzense com maior bem-estar a nível social, económico, cultural e desportivo”.