Janira Hopffer Almada quer definição de objectivos de financiamento e reforma do sistema desportivo

Cidade da Praia, 24 Mar. (Inforpress) – A presidente do PAICV e candidata a primeira-ministra nas legislativas de 18 de Abril defendeu hoje uma definição “clara, rigorosa e transparente” dos critérios e objectivos de financiamento do desporto e a reforma do sistema desportivo.

Num encontro de socialização do projecto um “Cabo Verde para Todos”, realizado na Assembleia Nacional, repleta de desportistas e agentes desportivos, a cabeça de lista do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição), Janira Hopffer Almada disse ser necessário debruçar-se sobre as práticas consolidadas e objectivos, assim como “times” e metas preconizados.

A líder do PAICV defendeu a necessidade de se trabalhar para que Cabo Verde consiga ter o seu nome registado no mundo desportivo “ao mais alto nível”, apontando nomes de jogadores de referência, como os ex-internacionais Caló Iche, Zé Piguita, Nany, de entre outros. Mas para isso, a líder oposicionista diz ser necessário um “trabalho de muita luta e atitude”, para que o país possa ter uma planificação e visão vencedora.

Alertou para a necessidade da redução de custos de funcionamento das agremiações, para que Cabo Verde consiga alinhar-se na perspectiva mundial de autonomia, independência e auto-sustentabilidade, através de definição de regras de exploração comercial de infra-estruturas desportivas, incentivos e benefícios fiscais, para que o Estado possa garantir resultados, consoante as metas estabelecidas.

Disse ser imprescindível levar o desporto aos bairros nas suas mais diversas modalidades, com vista a criação de condições para uma população saudável e, ao mesmo tempo, “trabalhar para a inclusão e, obviamente, a prevenção à criminalidade”.

Para alcançar este objectivo, considerou importante o “djunta-mon” (unir os esforços) entre o poder central, local, agremiações desportivas e sector privado, com a finalidade de levar o desporto avante, assumindo o “Estado o seu papel de promotor, dinamizador, catalisador e financiador”.

Janira Hopffer Almada manifestou a sua determinação em trabalhar, caso seja eleita, para trabalhar juntamente com os desportistas, com o intuito de maximizar e optimizar este sector.

A este propósito, manifestou a sua vontade para que o país consiga atrair grandes eventos desportivos, considerando que o desporto deve ser definido como uma prioridade para um país como Cabo Verde, onde 63 por cento da sua população é jovem.

A presidente do PAICV ressaltou que com a prática do desporto o Governo terá menos preocupação, face a promoção da inclusão.

O encontro, que contou com subsídios dos desportistas para a plataforma eleitoral do PAICV, foi apadrinhado pelo ex-internacional futebolista cabo-verdiano Carlos Morais “Caló”, antigo goleador da selecção cabo-verdiana que apelou ao voto na sua candidata.

Fonte: Inforpress