Dia do pescador. JHA presta homenagem aos homens do mar em Ribeira da Barca

“Todo o nosso reconhecimento aos “Combatentes” do Mar, neste que é o seu Dia.

Estivemos, ontem, em Ribeira da Barca, uma Comunidade conhecida por ser Piscatória. Gente trabalhadora e corajosa, que enfrenta, todos os dias, as incertezas do mar, para procurar sustento para a família. Homens e Mulheres, Chefes de Família, que lutam arduamente e, assim como o País, vencem barreiras, fazendo o impossível, muitas vezes.

Essa gente, da Ribeira Barca e de todas as Comunidades Piscatórias do nosso País, precisa sentir que há um Governo que trabalha para melhorar a sua vida e que aposta na modernização do Sector das Pescas.

Este Sector tem um grande potencial para o crescimento do PIB, para o equilíbrio da balança de pagamentos e para o incremento do volume de exportações do País, para além do seu impacto na geração de empregos e de receitas, no combate à pobreza e na garantia da segurança alimentar.

É preciso potenciar os investimentos já realizados – como a Plataforma de Frio, os Portos e as PPP’s – para incrementar a dinâmica do Sector.

As Pescas não podem continuar nesse abandono e descaso dos últimos 3 anos, em que os Pescadores não conseguem resposta e apoio sequer para a aquisição de materiais, quanto mais para a sua capacitação.

Não se pode continuar sem capacidade, sequer, para fazer funcionar as Unidades de Transformação de Pescado (“Herança” da anterior Governação) e com máquinas de gelo todas danificadas, à espera de reparação mais de 2 anos.

E a pesca semi-industrial e industrial, vai continuar nesse abandono, sem nenhum programa de requalificação ou substituição da frota nacional?

Não se pretende promover a aquacultura como alternativa à pesca extrativa? Não se vai fazer o mapeamento das infraestruturas das pescas?

E quando se pretende iniciar a sua requalificação? Que atenção se pretende dedicar à investigação, enquanto factor de sustentabilidade e desenvolvimento do Sector?

O País precisa de menos discursos e mais acção!

Trabalhar é preciso!

Que o Dia do Pescador sirva para que o Governo comece, de facto, a trabalhar na modernização do Sector das Pescas!”