Autarcas da região sul de Santiago querem efectivar planos intermunicipais com foco no desenvolvimento

Várzea da Igreja, São Domingos, 08 Fev (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, avançou hoje que as autarquias da região de Santiago Sul querem trabalhar em conjunto por forma a efectivarem planos intermunicipais, com foco no desenvolvimento dos concelhos.

Francisco Carvalho fez esta observação à imprensa, à margem da visita que realizou ao concelho de São Domingos, fazendo-se acompanhar por dois investidores da Câmara de Comercio de Luxemburgo/Cabo Verde, Jéhu Ndoumi, presidente da NetOil Group & director executivo da Yunus Invest e Jeanne Claire Kanga, consultora Internacional e presidente da Fundação Dakar/Pedrogaz.

Esta visita enquadra-se numa parceria entre as câmaras municipais da Ribeira Grande de Santiago, Praia e São Domingos, cujo objectivo é trabalhar para atrair investidores internacionais e dar corpo a região metropolitana de Santiago Sul.

Neste sentido, Francisco Carvalho considerou ser esta uma “iniciativa de grande alcance”, em que as três autarquias “juntam-se em comunhão” para perceber que projectos os investidores poderão apoiar.

Uma das possibilidades passa pela montagem de planos intermunicipais, que a seu ver reduzirá custos e ampliará a capacidade de intervenção com maior eficácia.

“É um sinal forte no sentido de que queremos estar juntos para desenvolvermos a nossa região que tem imensas potencialidades”, assinalou o autarca, apontando, a título de exemplo, planos intermunicipais de ordenamento de território ou de saneamento.

“Está previsto na nossa Constituição e ninguém avançou com essa ideia ainda a nível do País”, frisou.

Por outro lado, Francisco Carvalho realçou ser uma “estratégia para continuar” e que, tendo em conta as dificuldades do país, é preciso “procurar formas alternativas” de conseguir financiamento e promover desenvolvimento de Cabo Verde e, particularmente da região.

Já o presidente da Câmara de São Domingos, Isaías Varela, enalteceu o encontro, explicando que o município e a região têm capacidade para atrair investimentos e “há uma grande ambição” neste sentido.

“Em termos de projectos falamos da possibilidade de criação de uma empresa intermunicipal de saneamento, que abrange Praia, São Domingos e Cidade Velha, mas também a nível do concelho falamos sobre o potencial na atração de turistas”, disse o autarca.

Por seu turno, o porta-voz dos investidores, Jéhu Ndoumi, atestou que o propósito é prestar assistência em vários projectos, nomeadamente nos domínios da energia e de infraestrutura imobiliária turística.

“Por isso consideramos importante entender esse panorama e a partir dessa avaliação de necessidades é que nós queremos intervir”, afiançou, sublinhando que os investidores querem trabalhar com aqueles que realmente conhecem os problemas da população.

HR/CP

Fonte: Inforpress