Transportes marítimos inter-ilhas. De mal a pior!

Governar é ter a capacidade de mudar aquilo que está mal e optimizar aquilo que está bem!

O Governo de Cabo Verde encontrou uma ligação marítima São Vicente – Santo Antão – São Vicente que funcionava com eficiência, pontualidade e que respondia às necessidades dessas duas Ilhas!

A questão de transporte marítimo entre as duas ilhas nunca originou problemas!

Os Armadores Nacionais sempre asseguraram essa ligação, que sempre foi economicamente sustentável e, por isso também, foi melhorando!

Nunca houve monopólio de nenhuma companhia e nem é desejável que haja!

Mas, este Governo, com as suas medidas avulsas e inconsistentes, conseguiu, em 3 anos, excluir os Armadores Nacionais da ligação marítima (através de um Concurso Intransparente que promoveu) e instalar o caos num serviço que funcionava bem!

É estranho!

Mas é verdade!

Esta Maioria do MpD conseguiu transformar um bom serviço, reconhecido por todos, num verdadeiro caos, com reclamações de todos, a ponto de o Vice-Primeiro ter de se deslocar à Ilha de Santo Antão para ir explicar aos operadores o inexplicável: a capacidade de o seu Governo (que prometeu solução) de não melhorar aquilo que poderia ser melhorado e de “acabar” com aquilo que estava bem!

Infelizmente (para todos nós), este é apenas mais um exemplo da inconsistência de um Governo que, em sectores estratégicos, toma medidas avulsas, de forma intransparente, e que comprometem claramente o nosso futuro colectivo!

Onde estão os Presidentes das Câmaras Municipais de Santo Antão (todos suportados pelo MpD) que, juntamente com o Primeiro-Ministro (e Presidente do MpD) prometeram que “Juntos somos mais fortes”?

Já não têm voz para exigir, do Governo, o respeito pelos interesses da Ilha e da sua população?

O que foi “vendido” aos cabo-verdianos, pela actual Maioria, é que a “Solução” para os Transportes Marítimos já estava conseguida e que a Empresa “Vencedora” do intransparente concurso lançado traria 5 Barcos Novos para Cabo Verde!

Hoje, essa Empresa – que, infelizmente, ainda não trouxe nem um único Barco novo – vai utilizar os Barcos dos Armadores Nacionais, para prestar esse serviço de transporte marítimo!

Com muito menos qualidade, com menos eficiência e em piores condições para os utentes!

É normal? NÃO!

É possível governar Cabo Verde melhor!

Artigo publicado pela autora no facebook

Fonte: Santiago Magazine