São Nicolau: Oposição diz que persiste o “problema grave” para a ilha que é a questão dos transportes

Aquele deputado que fazia o balanço de uma visita de trabalho efectuada ao círculo eleitoral de São Nicolau disse que houve muita informação a cerca do aumento de voos na época do verão, particularmente nos meses de Julho e Agosto, mas o que se constata é que continua o mesmo número de voos semanais.

São Nicolau: Oposição diz que persiste o “problema grave” para a ilha que é a questão dos transportes
O deputado do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV – Oposição), Américo Nascimento, disse que ainda persiste em São Nicolau o “problema grave” para a ilha que é a questão dos transportes.

Segundo a Inforpress, aquele deputado que fazia o balanço de uma visita de trabalho efectuada ao círculo eleitoral de São Nicolau disse que houve muita informação a cerca do aumento de voos na época do verão, particularmente nos meses de Julho e Agosto, mas o que se constata é que continua o mesmo número de voos semanais.

“Três voos semanais são insuficientes. Nesses meses de Julho e Agosto é praticamente difícil chegar a São Nicolau se não tiver comprado os bilhetes de passagem com muita antecedência. Temos muitos emigrantes que estão a queixar-se desta situação”, completou.

Sobre a visita, Américo Nascimento fez saber que a comitiva do PAICV esteve tanto no município de Ribeira Brava como no Tarrafal.

“Estivemos em duas localidades do município de Ribeira Brava, Estância de Braz e Carvoeiros. Na Estância de Braz as preocupações são as mesmas, questões ligadas ao emprego, as pessoas pedem que se abram mais postos de trabalho”, informou.

Em relação a Carvoeiros, afirmou América Nascimento que há um problema colocado pela população que se prende com a água, tanto para a agricultura como para o abastecimento doméstico.

Conforme relatou, as pessoas pedem às autoridades competentes que resolvam essa situação ou então que se encontre com elas para explicar os motivos que levaram com que a quantidade de água disponibilizada diminuísse “drasticamente”.

Quanto ao Tarrrafal, este sujeito parlamentar apelou à clarificação de uma situação no Liceu Corsino de Azevedo em que um aluno foi apanhado com a grelha de correcção das provas.

“Dizem que foi uma cópia ou um cábula, mas há duas versões, a da comunidade escolar e também dos pais e encarregados de educação. Esse aluno foi castigado, mas há outras questões porque ele foi tido como melhor aluno”, acrescentou, afirmando saber que a inspecção-geral da educação está a trabalhar neste assunto, “que mexe com toda a comunidade educativa no Tarrafal”.

Ainda no Tarrafal de São Nicolau, Américo Nascimento informou que estiveram no porto, onde está a ser construída uma unidade de fabrico e conservação de gelo.

“É uma coisa muito boa para a dinâmica ligada à pesca e, com certeza, acreditamos que dentro de pouco tempo estará pronta e poderá produzir entre 8 a 10 toneladas de gelo por dia”, referiu.

A infra-estrutura, disse, poderá fazer com que os barcos não tenham que ir para São Vicente e trazer toda a dinâmica ligada à pesca, não só para o município do Tarrafal, mas também com impacto ao nível da ilha de São Nicolau.

Fonte: A Nação