Santiago Norte: Deputados do PAICV vão levar problemas da população e das instituições visitadas ao Governo

Junho 30, 2021
8:55 pm

Santiago Norte: Deputados do PAICV vão levar problemas da população e das instituições visitadas ao Governo
Assomada, 30 Jun (Inforpress) – Os deputados do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV,oposição), que visitaram durante dois dias os seis municípios que compõem a região Santiago Norte, vão levar os problemas e preocupações da população e instituições visitadas ao Governo.

Em declarações à imprensa, em jeito de balanço, a porta-voz dos parlamentares, Carla Carvalho, disse que a visita teve por objectivo auscultar as preocupações da população e instituições regionais.

Das preocupações das instituições, sobretudo a nível da Saúde, a novel parlamentar apontou a necessidade de se ter uma rede emergencial de ambulância na região para acudir a população, aliás, informou que esta foi uma das preocupações dos responsáveis da Região Sanitária Santiago Norte (RSSN).

Já no que concerne às preocupações da população, o problema de água, quer em termos de quantidade e qualidade e quer para a agricultura e para o consumo, segundo a mesma fonte, é o que “mais preocupa” as populações e os agricultores das comunidades visitadas.

É que, segundo ela, há localidades em que embora as pessoas tenham a ligação de água feita há mais de três anos, elas, no entanto, não têm este líquido nas suas torneiras.

Para Carla Carvalho, o problema de água, que há muitos anos tem afectado a região Santiago Norte, se deve à gestão da mesma, sustentando que na mesma localidade há uns com acesso à água e outros não.

Sobre a dessalinização de água, em curso em Santa Cruz e em Ribeira da Barca, Santa Catarina, para o consumo e para a agricultura, segundo ela a mesma não dá resposta às populações.

Relativamente à agricultura, disse que os agricultores e produtores têm estado “à deriva” e que não se tem visto investimentos “estruturantes” para o desenvolvimento deste sector na região.

“Apesar de [a agricultura] ser um dos sectores cruciais do desenvolvimento, não existem investimentos, mas, sim, deparamos com um desinvestimento”, notou a deputada, informando que os próprios agricultores de Santa Cruz e de São Miguel partilham da mesma opinião.

A título de exemplo, apontou o programa de subvenção de instalação do sistema de rega gota-a-gota, num montante de 120 mil contos, que conforme lembrou, foi lançado em período eleitoral, mas, no entanto, “não passou de intenções”, daí pediu que se “deixe de discursos e passe à prática”.

E tendo em conta que tais problemas e preocupações põem em causa o rendimento das famílias e o próprio desenvolvimento da região, Carla Carvalho asseverou que os parlamentares do PAICV vão levar os mesmos junto do Governo para que sejam solucionados.
FM/JMV
Inforpress/Fim