Sal: Démis Almeida reafirma convicção de criar uma “dinâmica forte” dentro do PAICV local

Espargos, 08 Dez (Inforpress) – Démis Almeida reiterou a firme convicção de criar uma “dinâmica forte” dentro do PAICV, no Sal, mobilizar e sensibilizar as pessoas para as causas do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição).

Démis Almeida manifestou essa convicção durante a cerimónia de posse dos titulares dos órgãos regionais do Sal do PAICV, na sequência das eleições internas, do passado dia 29 de Novembro, que o conduziu à liderança do partido na ilha.

O acto, que contou com a presença da presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, teve lugar no Clube da Asa perante militantes, amigos e simpatizantes do PAICV.

Na sua comunicação de ocasião,  Démis Almeida, que volta a assumir a presidência da Comissão Política Regional do PAICV local, sublinhou o facto de estas eleições terem decorrido “muito bem”, já que, conforme reforçou, contribuíram para galvanizar os militantes, permitindo “nova dinâmica, nova vida interna” no seio do PAICV.

“PAICV, região do Sal, conseguiu emergir como um exemplo em matéria do modo como se organiza, se faz e se aceita os resultados eleitorais”, sublinhou, insistindo que agora já não há lista A nem lista B, mas sim há PAICV.

“E aquilo que, com certeza, nós todos queremos é aproveitar o embalo desse processo para mobilizar militantes, simpatizantes e amigos do PAICV. Continuar o trabalho de mobilização das nossas bases, mobilizar a base social do partido no Sal, criar uma dinâmica forte dentro do PAICV, e a partir do partido conseguirmos projectar  na sociedade salense”, desafiou.

Isto para, segundo Démis Almeida, se poder estar mais próximo da sociedade, ter uma agenda de “grande” aproximação das pessoas, zonas, bairros e localidades.

“Termos uma agenda forte de mobilização e sensibilização de pessoas para as causas do PAICV, recenseamento contínuo de futuros eleitores, abertura do partido à sociedade, angariação de novos militantes, e um programa forte de formação histórica, política e ideológica dos novos e actuais militantes”, almejou.

Nesta caminhada,  Démis Almeida propõe criar as condições para ganhar as próximas eleições legislativas de 2021, contribuir para uma maioria absoluta no parlamento nacional e, consequentemente, para que o PAICV possa formar Governo, estando igualmente empenhado em fazer do cidadão que o partido apoiar nas eleições presidenciais de 2021 o Presidente da República de Cabo Verde.

Considerando que o seu mandato estende-se até 2023, ainda no campo dos objectivos políticos, Démis Almeida disse que a Comissão Política Regional do PAICV, no Sal, terá também a responsabilidade de definir uma estratégia para a conquista da câmara e assembleia municipais do Sal, nas eleições autárquicas de 2024.

Démis Almeida concluiu apelando à uma mobilização, desde agora, e à criação de toda uma dinâmica de vitória para “desembocar” nas próximas eleições legislativas, tendo isso como objectivo político imediato.

Fonte: Inforpress