PRESIDENTE DO PAICV, JANIRA HOPFFER ALMADA, REFUTA DECLARAÇÕES DO PRIMEIRO- MINISTRO A PROPÓSITO DOS DADOS DA INE

A Presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Hopffer Almada, reagiu, hoje, a algumas declarações do Primeiro-Ministro feitas, a propósito dos dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

“O PAICV não pôs e não põe em causa os dados do INE e nem contesta o facto de os Estágios profissionais serem um bom Programa e a medida ser boa”, começou por pontualizar Janira Hopffer Almada para, de seguida, avançar que tal iniciativa não é uma inovação do actual Governo, pois já era prática, desde 2007, com o PAICV no poder. “O que o PAICV contestou e contesta são as estratégias do Governo para tentar influenciar, de forma errada, as estatísticas de emprego”, precisou.

A Líder Tambarina estranha também a “coincidência” de o Governo decidir, num ano pré-eleitoral, massificar os estágios profissionais, antes dos estudos e das recolhas do INE.

Neste sentido, o INE acaba de dar razão ao PAICV ao confirmar que os estágios profissionais estão a ser contabilizados nas estatísticas do emprego o que leva o PAICV a colocar, aos jovens cabo-verdianos, as seguintes questões: Estágio é emprego? São Estágios que foram prometidos aos jovens cabo-verdianos, nas campanhas eleitorais, pelo MpD? Os 45 mil empregos prometidos, afinal, eram empregos dignos ou eram Estágios?

Por outro lado, Janira refuta a acusação de iliteracia e remete o posicionamento do Partido que lidera com a “constatação da realidade”, pois o crescimento, propalado, não está a ser sentido pela população, com o orçamento de investimento, na Saúde, a sofrer uma redução de 20 por cento e haver ruptura de medicamentos, não ocorrerem medidas concernentes à dinamização da agricultura, não se estar a qualificar o Turismo, a se apostar nas pescas e já não se fala mais em actualização salarial.

Fonte: PAICV