Praia: Vendedeiras do mercado do Plateau dizem-se enganadas pela Câmara porque não receberam os 10 mil escudos prometidos

As vendedeiras do mercado Municipal da Praia sentem-se decepcionadas e enganadas pela Câmara Municipal da Praia. Em causa os 10 mil escudos que deveriam ter recebido durante o estado de emergência.

Praia: Vendedeiras do mercado do Plateau dizem-se enganadas pela Câmara porque não receberam os 10 mil escudos prometidos
As vendedeiras do mercado Municipal da Praia afirmaram esta quinta-feira,20, diante da entrega de máscaras e álcool gel feitas pelo edil Oscar Santos, que sentem-se decepcionadas e enganadas pela Câmara Municipal da Praia.

Segundo avança a RCV, as mesmas reclamam de não ter recebido o rendimento social prometido pelo Governo
no valor de 10 mil escudos, durante o estado de emergência.

Muitas das vendedeiras do mercado de Plateau reconhecem que as máscaras são importantes, porém, alegam que há outras prioridades e promessas que ficaram pendentes.

Por isso dizem-se enganadas e não escondem a decepção e a revolta. Em protesto, muitas recusaram as máscaras oferecidas pela CMP.

“Estamos a reclamar porque disseram que iriam dar a todas as vendedeiras 10 mil escudos, muitas de nós fomos para a casa, mas não demoramos a voltar a trabalhar porque prometeram e não cumpriram, pediram-nos documentos mas nada foi feito e agora estão a dar máscaras”, protesta uma vendedeira.

“Eu preciso de comida. Essas máscaras de 50 escudos eu posso comprar, mas, saco de arroz, garrafas de óleo e azeite eu não posso comprar, o que devem realmente dar, não dão”, avançou outra rabidante à RCV.

O Presidente da Câmara Municipal da Praia, Oscar Santos, foi ouvindo as reclamações disse que vai informar-se sobre o processo e as possíveis falhas, e adverte que a CMP era apenas um intermediário.

“A nossa função era simplesmente tomar os nomes das vendedeiras e levar para o Ministério da Família e Inclusão Social, nós funcionamos como um intermediário, isto não é nossa responsabilidade. Mas é para ver o que falhou para poder resolver o problema”, esclarece Oscar Santos.

O autarca julga ser mais importante a campanha “Stop covid-19” que levou hoje à distribuição de máscaras no Mercado do Plateau.

Apesar de algumas vendedeiras terem recusado as máscaras da CMP outras dizem-se agradecidas. “É uma coisa que usamos todos os dias e fico agradecida ao Presidente da Câmara Municipal sendo que a máscara agora tornou-se indispensável”, relata uma cidadã.

Além das máscaras a Câmara Municipal da Praia colocou à porta do Mercado do Plateau um medidor de temperatura e um dispensador de álcool em gel com pedal, o mesmo equipamento foi oferecido ao Hospital Agostinho Neto.

Segundo justifica o Presidente Oscar Santos, essa iniciativa consiste em aumentar os meios de proteção para a desinfeção das mãos e reduzir as infeções por covid-19 na Cidade da Praia.

No total foram distribuídas cerca de 500 máscaras no mercado do Plateau.

Fonte: A Naçaoa