PAICV-S.Vicente vai a diretas: Nilton Silva anuncia concorrer à liderança regional e melhorar resultados nas próximas eleições

Nilton Silva, professor liceal licenciado em Geografia e 1º vice-presidente da Mesa do Conselho Nacional do PAICV, anuncia que pretende concorrer à presidência da Comissão Política Regional (CPR) do partido em S.Vicente. O adversário de Alcides Graça nas próximas directas de Dezembro deste ano, estabelece, entre outras razões da sua candidatura, «melhorar os resultados eleitorais do PAICV nas autárquicas de 2020 e nas legislativas de 2021» e ser uma alternativa credível à liderança local do partido.

PAICV-S.Vicente vai a diretas: Nilton Silva anuncia concorrer à liderança regional e melhorar resultados nas próximas eleições
Nilton Silva, que é também o 1º Secretário do Sector Norte do Partido da Independência, revela, em entrevista exclusiva ao Asemanaonline, que concorre com um espírito aberto para ser uma alternativa credível à liderança da oposição em S.Vicente. «É com espírito aberto e com um sentido de camaradagem que apresentamos a nossa candidatura, como uma alternativa credível e congregadora à Liderança do PAICV em São Vicente», garante.

O político faz questão de realçar que a sua participação na corrida à chefia da CPR de S.Vicente surgiu na sequência de uma reflexão profunda que fez e do seu percurso enquanto militante ativo do partido. «Depois de um longo, sereno e competente percurso como militante do PAICV, desempenhando funções de coordenador de grupo de base, membro do Conselho do Sector Norte, 1º Secretário do Setor Norte e 1º Vice presidente da Mesa do Conselho Nacional, apresentamos a nossa disponibilidade para a liderança da Região Política de São Vicente».

Razões da candidatura e apostas
Nilton Silva destaca oito razões que o levaram a concorrer à presidência da CPR do PAICV em S.Vicente. Salienta que o primeiro é «fazer com que os militantes se sintam parte integrante do PAICV, pois são os verdadeiros donos do partido».
Propõe, por outro lado, uma maior articulação, – quiçá uma articulação/sintonia perfeita- com os órgãos nacionais do partido e criar uma dinâmica nas estruturas, em termos organizacionais e também de mobilização face às eleições de 2020 e 2021.

O dirigente tambarina quer ainda contribuir para o reforço da autonomia dos órgãos sectoriais, de Base, da JPAI e Mulheres e para um melhor ambiente partidário na ilha, principalmente através do diálogo aberto e descomplexado, respeitando sempre as opiniões de cada um.

A candidatura de Nilton Silva à CPR de Mindelo vai apostar fortemente nas próximas eleições autárquicas e legislativas na ilha do Monte Cara. « Se sair vencedora, a minha candidatura quer melhorar os resultados eleitorais do PAICV em 2020 (autárquicas) e 2021(legislativas). Pretende ainda encontrar um candidato que seja vencedor para as autárquicas e para o desenvolvimento de S. Vicente».

Na frente interna, Milton Silva anuncia que a equipa que lidera «vai respeitar em todos os momentos os estatutos da organização em vigor e todas as decisões saídas dos órgãos do partido – nacionais, regionais, sectoriais e de base».

Fonte: Asemana