PAICV perspectiva situação de “emergência social “em Santiago Sul devido ao mau ano agrícola

Cidade da Praia, 22 Out (Inforpress) – O vice-presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), Rui Semedo, perspectivou hoje, na cidade da Praia, uma situação de “emergência social “em Santiago Sul devido ao mau ano agrícola.

A constatação foi feita em conferência de imprensa depois de uma visita dos deputados eleitos por Santiago Sul aos concelhos de São Domingos e da Ribeira Grande de Santiago para auscultar as principais dificuldades enfrentadas pelas populações,

“A seca é evidente pela pouca quantidade de chuva e o pouco pasto que havia a praga destruiu totalmente”, notou Rui Semedo, apelando a uma “intervenção imediata” do Governo e das câmaras municipais para socorrer e evitar outras situações decorrentes do mau ano agrícola.

Rui Semedo acrescentou ainda que o mau agrícola começa a ter impacto no sector da educação, uma vez que “sem nenhuma fonte de rendimento” as famílias têm tido dificuldades no pagamento do transporte escolar.

“São situações de total emergência e o Governo não pode esperar o ultimar dos seus estudos e avaliação para socorrer as pessoas, porque pode ser tarde demais”, precisou o líder parlamentar do maior partido da oposição.

Rui Semedo lembrou que sendo o terceiro ano consecutivo de seca as pessoas não têm sido capazes de encontrar soluções para resolver problemas de alimentação e educação dos seus filhos, sendo que, por isso, conforme revelou, têm reivindicado a presença dos governantes para verem como estão a viver.

Os deputados do PAICV visitaram Milho Branco, Praia Formosa, Praia Baixo, Ribeirão Chiqueiro, Achada Mitra, Salineiro e Santana todas pertencentes ao círculo eleitoral de Santiago Sul.

Fonte: Inforpress