PAICV HOMENAGEIA CLASSE DOS ENFERMEIROS NO DIA INTERNACIONAL D@ ENFERMEIR@

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde saúda de forma muito especial o Dia Internacional d@ Enfermeir@ neste ano de 2020 instituído pela Organização Mundial da Saúde como “Ano Internacional d@ Enfermeir@” e neste período marcado pela pandemia global de Covid-19. O PAICV cumprimenta e faz homenagem a tod@s @s Enfermeiro@s do Mundo, agradecendo-lhes a ingente e nobre missão de salvar vidas.

Com a actual situação sanitária emergencial em Cabo Verde, @s Enfermeir@s, ao lado d@s Médic@s e de outros Profissionais da Saúde, têm estado na linha de frente e têm sido os verdadeiros heróis na luta contra a pandemia.

Neste dia, importa abordar os riscos e a segurança dos Enfermeiros e responsabilizar as Autoridades Sanitárias por melhores condições de trabalho

Nos diversos hospitais, centros de saúde e clínicas, públicas e privadas, do País, muitas vezes em comunidades recônditas e em condições adversas, o trabalho d@s Enfermeir@s tem primado pela qualidade, abnegação e espírito de sacrifício na prevenção e combate às doenças, na promoção e disseminação da saúde, salvando vidas.

Caras e Caros enfermeir@s

O PAICV está ao vosso lado no apelo às autoridades de Saúde para que valorizem cada vez mais a enfermagem pois o vosso trabalho tem sido cada vez mais reconhecido e respeitado por tod@s.

O PAICV chama a atenção do Governo da República para uma abordagem mais sensível e correta em relação à Classe dos Enfermeiro@s, no âmbito das Políticas Públicas para a Saúde.

Não nos esqueçamos que a classe dos enfermeir@s é das mais imprescindíveis para a segurança e o bem-estar dos cidadãos.

Por conseguinte, uma carreira mais digna da Enfermagem, com salários mais justos, remunerações mais condizentes e evoluções profissionais mais coerentes são cada vez mais necessários.

Trata-se de repor direitos não só para melhor rendimento, segurança no trabalho e apoio previdenciário, como melhor formação técnica e académica. As reivindicações dos Enfermeiros são justas e contam com a nossa solidariedade. Igualmente, apoiamos a sua luta profissional, laboral e sindical, imperioso se torna reconhecer as causas, reparar as injustiças e valorizar os profissionais de Saúde.

Para o PAICV, a reforma no sector da Saúde passa pela defesa dos direitos dos seus trabalhadores que continuam a ser sujeitos a condições de trabalho desgastantes e que não dignificam as suas carreiras nem valorizam o serviço público que prestam, todos os dias, aos cidadãos.

Hoje mais do que nunca, em que se vive no Mundo inteiro a crise pandémica provocada pelo coronavírus, torna-se mais visível a importância de ter profissionais qualificados e devidamente preparados para responderem a estes desafios e participarem com propriedade na definição de políticas para a Saúde. Assim espera-se que seja dada uma atenção especial à preparação dos enfermeiros e enfermeiras através de incentivos e colaboração Institucional mais estreita da parte dos poderes públicos junto das escolas de formação de enfermagem de Cabo Verde.

Os tempos não são bons e é neste momento que testamos a capacidade do sistema de saúde e a resiliência da Governação e seus gestores.

Nossa Solidariedade aos que se contagiaram e contraíram a doença em missão

Nosso sentimento aos familiares, espalhados pelo Mundo, dos que perderam a Vida salvando Vidas.

As enfermeiras e enfermeiros são considerados os “Guardiões da Vida” e mais uma vez o demonstraram nesta luta sem tréguas pela Vida.

Nosso respeito, admiração, reconhecimento e agradecimento

Praia, 12 de Maio de 2020!

Paula Moeda – Secretária-Geral Adjunta e Deputada Nacional