PAICV considera que programa de Governo “discrimina pela negativa” a região de Santiago Norte

Cidade da Praia, 23 Jun (Inforpress) – A Comissão Política Regional do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) Santiago Norte considera que o programa do Governo para a X legislatura, aprovado pelo Parlamento, “discrimina pela negativa” a região de Santiago Norte.

Em conferência de imprensa hoje, na cidade da Praia, o deputado e membro da comissão concelhia Carlos Rodrigues disse que Santiago Norte, considerado uma das regiões mais pobres do país, tem recebido pouca atenção dos governos quanto às medidas de políticas da correção dos desequilíbrios regionais, apesar das sucessivas reclamações.

“O Parlamento acabou de aprovar o programa do Governo para a X legislatura. Um programa despido de intenções e compromissos essenciais com a região”, declarou, adiantando que “ficou que evidente que o actual programa veio mais uma vez discriminar negativamente a região norte de Santiago”.

Carlos Rodrigues realçou ainda que o programa do Governo sustentado pelo MpD não aponta caminhos para correção de desequilíbrio regionais, não propõe medidas de política concretas para os sectores da agricultura, pecuária, pesca e turismo, considerados sectores estratégicos para o desenvolvimento do país.

“Não assume medidas concretas para a geração de empregos sustentáveis, para o aumento do rendimento das famílias, para diminuição da pobreza na região”, acrescentou, adiantando que a bancada do PAICV esperava do debate propostas concretas e metas para a legislatura.

O eleito do principal partido da oposição adiantou que o PAICV continua a defender que a região carece de um conjunto e infra-estruturas básicas de desenvolvimento, nomeadamente um porto comercial, infra-estruturas de mobilização de água, agricultura e pecuária e electrificação dos furos de produção de água com painéis solares para a rentabilidade da actividade agrícola.

A construção de infra-estruturas rodoviárias para o desencravamento das localidades, a construção de infra-estruturas sanitárias e de educação, electrificação de zonas que ainda não foram beneficiadas e a realização de formações profissionais em áreas estratégicas para a região, são algumas propostas que os deputados do PAICV para Santiago Norte vão apresentar ao Governo no decorrer dos trabalhos parlamentares.

Segundo o deputado do PAICV o país viveu e vive momentos difíceis não só devido às sucessivas secas e à pandemia de covid-19, mas também devido ao estilo da governação do MpD.

MJB/CP

Fonte: Inforpress