Líder da oposição visita município de Santa Cruz face às políticas desajustadas do governo às potencialidades da Região

A Presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Hopffer Almada, visita o município de Santa Cruz, esta sexta-feira, 07. O objetivo é auscultar o Presidente da Câmara, forças vivas, agricultores, militantes, amigos e simpatizantes do partido, face à “notável” ausência do Governo Central e de políticas desajustadas às potencialidades da Região.

Líder da oposição visita município de Santa Cruz face às políticas desajustadas do governo às potencialidades da Região
Fazem parte da sua agenda de visita àquele Concelho, encontros com o Presidente da Câmara e sua equipa, com as forças vivas, agricultores, comunidade de Achada Ponta, bem como com militantes, amigos e simpatizantes do Partido. Tudo no sentido de auscultar as preocupações em relação à ausência do Governo Central e de políticas desadaptadas às potencialidades locais.

Segundo a líder do maior partido da oposição, esta visita acontece numa altura em que o MpD completou três anos de uma governação marcada por um “efetivo recuo” relativamente aos compromissos eleitorais assumidos com Santiago Norte, nomeadamente nos domínios da economia do turismo e da cultura e do desenvolvimento dos sectores industrial, agropecuário e pesqueiro e, num momento, em que as populações de todas as zonas mais costeiras de Santiago estão “a braços cruzados” devido aos efeitos dos dois anos consecutivos de seca, “sem que se vislumbrem medidas adequadas para socorrer as pessoas e as famílias da região”.

“Nota-se, claramente, também que há um esquecimento intencional das promessas eleitorais assumidas para com este Concelho de Santiago Norte a nível da infraestruturação, quais sejam a criação do Parque Tecnológico e de Agropecuária, a construção de um Centro de Saúde de primeiro nível, devidamente equipado e provido de recursos humanos qualificados, de um Porto de recreio de pesca, da abertura de estradas de acesso em toda a região e a implantação de redes sanitárias e obras hidráulicas”, descreve a fonte do Asemanaonline

Janira defende ainda que, face ao status quo prevalecente, é preciso avançar com uma Agenda de Dinamização da Economia com reformas estruturantes, em Santiago Norte, de modo a promover a consolidação de setores estratégicos, rumo a um crescimento económico que seja verdadeiramente inclusivo. Por conseguinte, o PAICV acredita que é possível fazer mais e melhor, por Cabo Verde, por Santiago Norte e por Santa Cruz.

Fonte: Asemana