Janira Hopffer Almada acusa Câmara Municipal da Praia de má gestão dos solos

Cidade da Praia, 17 Set (Inforpress) – A presidente do PAICV (oposição), Janira Hopffer Almada, acusou hoje a Câmara Municipal da Praia de má gestão dos solos e recordou que o MpD chumbou o Estatuto Especial para Cidade da Praia por três vezes.

Em resposta ao vereador António Lopes da Silva, a líder da oposição disse que o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) recebeu a proposta actual do Estatuto Especial para a Cidade da Praia como uma grande falta de respeito” para com a capital e para com os praienses.

Alegou que a proposta recentemente chumbada garantia a transferência de mais dinheiro e mais terreno à Câmara Municipal da Praia, e um estatuto especial ao presidente da câmara e não ao município da Praia, como prevê a Constituição, o que difere da proposta levada ao parlamento pelo PAICV.

Isto por entender que o problema do município da Praia não está relacionado com o Estatuto Especial, mas sim com a “má politica dos solos, inexistência de uma política de ordenamento, falta de uma política habitacional e, sobretudo, da falta de transparência e rigor na gestão da coisa pública”.

Disse, esperar que o vereador do Ambiente, Cultura, Saneamento e Indústrias Criativas, António Lopes da Silva, não seja candidato nas listas para autarquias de 2020, assim como a vereadora de Acção Social, Ednalva Cardoso, alegando que caso continuem nas listas concorrentes são obrigados, por lei, a suspenderem as suas funções.

Fonte: Inforpress