Boa Vista: PAICV “indignado” com nomeação do ex-presidente da câmara para conselho de administração da SDTIBM (c/áudio)

Sal Rei, 27 Set (Inforpress) – A Comissão Política Regional (CPR) do PAICV da Boa Vista manifestou-se hoje “indignada” com a nomeação do ex-autarca José Luís Santos para membro do conselho de administração da Sociedade de Desenvolvimento Turístico Integrado da Boa Vista e Maio (SDTIBM).

Essa indignação foi manifestada pelo presidente da CPR do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV – oposição) na Boa Vista, Elvis Lima, que, em conferência de imprensa, afiançou que a nomeação é da inteira responsabilidade do Governo do Movimento para a Democracia (MpD).

Segundo Elvis Lima, esta nomeação constitui uma “autêntica falta de respeito e consideração” para com a população da Boa Vista que retirou José Luís Santos da função de presidente da câmara, nas últimas eleições autárquicas.

“A população da Boa Vista vê agora a mesma personalidade que rejeitou nas urnas a ser brindada com um cargo de administrador não executivo da Sociedade de Desenvolvimento Turístico das Ilhas de Boa Vista e Maio”, afirmou.

Para o dirigente do principal partido da oposição isto acontece depois que o ex-edil boa-vistense deixou a ilha “completamente de rastos”, com problemas que considera “gravíssimos e que vão levar muitos anos e muitos recursos para serem resolvidos”.

“José Luís dos Santos deixou a Câmara Municipal da Boa Vista (CMBV) totalmente endividada e com contas bancárias penhoradas pelos tribunais. É essa personalidade que é agora nomeada para exercer altas funções numa das instituições mais importantes da ilha”, observou.

Elvis Lima lembrou ainda que foi o ex-autarca que, enquanto presidente da câmara, demoliu as praças do Largo de Santa Isabel e de Fundo de Figueiras e deixou o centro da Cidade de Sal Rei completamente destruído.

Conforme o dirigente político, a CRP do PAICV analisa que o Governo de Ulisses Correia e Silva, na “ânsia de politização das instituições públicas” e de “mobilizar a sua tropa” para as eleições presidenciais, coloca como administrador não executivo da SDTIBM uma personalidade “sem formação superior adequada, sem qualificação, sem preparação e que já deu provas suficientes de gestão danosa durante o período que esteve à frente da CMBV”.

“A SDTIBM, que por si só já tem uma imagem altamente beliscada junto da opinião pública boa-vistense, fica seriamente fragilizada e descredibilizada, por passar a ser uma instituição objecto de arranjos políticos para garantir trabalho e rendimento a dirigentes do MpD”, dissecou, explicando que tal desiderato acontece em detrimento de muitos jovens bem formados e altamente qualificados que poderiam exercer essas funções.

Elvis Lima frisou que a CPR considera esta nomeação escandalosa e saúda a posição do presidente da câmara, Cláudio Mendonça, que na assembleia-geral da SDTIBM manifestou o seu total desacordo, e votou contra a designação de José Luís dos Santos a membro do conselho de administração.

Nesta ótica, elucidou que a CPR do PAICV na ilha da Boa Vista apela a bancada municipal do MpD, e a população da Boa Vista a manifestar abertamente a revolta que sente neste momento perante o que sublinhou, ser “tamanha falta de respeito do Governo do MpD para com a ilha”.

Instado sobre o que a CPR pretende fazer, Elvis Lima certificou que a comissão vai enveredar todos os esforços, mobilizar as pessoas sobre o caso, justificando que, é uma decisão que não depende somente da comissão e da câmara municipal.

“O Governo se quiser pode reverter a qualquer momento a nomeação”, pontuou, acreditando que poderá haver um consenso sobre o assunto, sendo que, segundo o mesmo, Boa Vista tem jovens capazes e qualificados.

VD/CP

Fonte: Inforpress