Autárquicas 2020/São Miguel: PAICV promete impulsionar turismo rural na Ribeira de Principal

Cidade da Calheta, 14 Out (Inforpress) – João Carvalho, candidato do Partido Africano de Independência de Cabo Verde (PAICV-Oposição), à Câmara Municipal de São Miguel, encantado com a beleza natural da Ribeira de Principal, promete impulsionar o turismo rural, focalizando também na agricultura e pecuária.

Foi entre o manto verde que está a cobrir a Ribeira de Principal é que a candidatura do PAICV foi galgando as ribeiras e ladeiras desta zona agrícola numa “caça aos votos”.

Não importando quão difícil era o caminho, lá ia a comitiva que se apelida de “onda de mudança”, debaixo de um sol escaldante, abordando os moradores de casa em casa.

Inspirados na beleza natural desta ribeira e na beleza que a barragem veio acrescentar, João Carvalho prometeu investir fortemente na área do turismo rural, impulsionar todas as belezas desta localidade para atrair cada vez mais turistas.

“Estamos na Ribeira de Principal e temos constatado que as pessoas têm demonstrado as suas mágoas, resultado do abandono a que foram votadas durante esses quatro anos. Estamos a pedir um voto de confiança num projecto renovado, com pessoas capazes que vão investir no Principal na área de agricultura e junto dos agricultores e criadores de gado vamos colocar esta ribeira na centralidade”, assegurou.

Ciente de que só a “beleza” não trará o ganho pão às famílias de Principal, o estreante nesta corrida às eleições do dia 25 de Outubro compromete-se a descentralizar as várias zonas da Ribeira de Principal para que as famílias possam escoar os seus produtos para outros cantos do município e do País.

Com o desencravamento, assegurou, os agricultores vão conseguir levar os seus produtos para o mercado com melhor qualidade.

O aproveitamento dos excedentes de produção é uma preocupação do partido que propõe trabalhar, caso vença as eleições, no sector da indústria, ou seja, uma aposta forte na transformação dos produtos.

Ajuntou que a sua candidatura pretende criar uma feira agrícola nesta ribeira que vai possibilitar, tanto os agricultores como os criadores de gado a expor os seus produtos e assim “transformar São Miguel num Centro de comércio de produtos”.

Reforçando o apelo do candidato à presidência da câmara, o militante do partido Nelito Furtado apelou aos jovens desta ribeira a darem um voto de confiança nesta candidatura, pois, prometem valorizar os jovens, que “há 28 anos foram abandonados na gestão do Movimento para a Democracia”.

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram, em São Miguel, três candidatos, tendo o MpD (Herménio Fernandes) conquistado a câmara com 4.146 votos (69,35%), o PAICV (Carla Carvalho) alcançado 1.518 votos (25,39%) e o PP (Alberto Correia) 125 votos (2,09%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, em São Miguel, estão inscritos 10.218 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 9.468, dos quais 5.978 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

Fonte: Inforpress