Autárquicas 2020/São Domingos: PAICV desafia MpD a provar que orquestrou o incidente de Nora

São Domingos, 18 Out (Inforpress) – O candidato do PAICV à presidência da Câmara Municipal de São Domingos, Isaías Varela, desafiou hoje o seu adversário do MpD a provar de que o seu partido esteve por detrás do incidente de Nora.

Isaías Varela, que na tarde hoje visitou a zona, onde ao contrário do seu adversário, que foi vaiado e perseguido pelos moradores, foi recebido em ambiente de festa, disse que o PAICV não precisa de orquestrar quaisquer situações para ganhar terreno.

Para Isaías Varela, a acusação de Clemente é uma forma que a candidatura adversária encontrou para desviar a atenção do seu fraco desempenho da equipa cessante que encabeçou e do descontentamento da população que se sentiu abandonada.

“O PAICV não tem necessidade de instruir ninguém para reagir ao fraco desempenho dos candidatos, não é forma de fazer política do PAICV, não é nosso hábito. Ele quer atribuir essas responsabilidades ao PAICV, mas o nosso partido não tem nada a ver com o incidente”, sustentou.

Isaías Varela disse que não ficou feliz com o incidente registado na tarde de sábado, mas salientou que o comportamento das pessoas foi resposta ao incumprimento das promessas.

“Essa forma de reagir das pessoas alertou-nos que não devemos prometer algo que podemos cumprir porque hoje o eleitorado está mais exigente”, anotou candidato do PAICV apelando à serenidade e pedindo à população de todas as zonas que recebam todos os candidatos com civismo para que a campanha eleitoral possa continuar a decorrer na tranquilidade.

Isaías Varela adiantou que a forma que a sua candidatura foi recebida na localidade Nora e também noutras localidades lhe dá mais garantia de que vai vencer as eleições no dia 25 de Outubro.

À população de Nora deixou o compromisso de resolver os problemas básicos como as vias de acesso, requalificação urbana e ambiental, a reabilitação do jardim infantil, completamente degradado, e apoiar as famílias na reabilitação das suas casas e no acesso ao rendimento.

“Nora é uma comunidade que fica dentro de São Domingos, mas que ao mesmo tempo esta fora do mapa de desenvolvimento de São Domingos. Portanto, nós prometemos incluir Nora no processo de desenvolvimento municipal”, afirmou.

A comitiva do PAICV, que manhã de hoje esteve com actividades suspensas, vai na tarde deste domingo visitar ainda a localidade de Água de Gato, para levar uma mensagem de esperança e apresentar as propostas para “libertar do marasmo” e desenvolver São Domingos.

Para além da candidatura do PAICV, liderada por Isaías Varela, concorrem para as eleições dos órgãos autárquicos em São Domingos as listas da plataforma “Ami é San Domingus”, liderada por Milton Paiva, e do MpD, encabeçada por Clemente Garcia.

Nas autárquicas de 2016, em São Domingos, concorreram o MpD (Clemente Garcia) que conquistou a câmara com 61,22%, e o PAICV (Mário Lima) 36,19%.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos no município 9.554 eleitores.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (1 no município da Praia e 1 para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

Fonte: Inforpress