Autárquicas 2020/Santa Catarina do Fogo: PAICV promete apostar na linha de água em Fonte Aleixo

Cova Figueira, 14 Out (Inforpress) – O candidato do PAICV à câmara de Santa Catarina do Fogo nas autárquicas de 25 de Outubro fez uma visita terça-feira à zona de Fonte Aleixo e pediu voto de confiança para poder mudar a localidade.

Eugênio Veiga apresentou as propostas para Fonte Aleixo que pretende juntamente com a sua equipa executar a partir de 25 de Outubro, caso saia vencedor no pleito eleitoral.

“Aqui em Fonte Aleixo vamos apostar na criação da linha de água desde a estrada principal até à última casa. Santa Catarina é diferente de São Filipe porque tem tudo concentrado, os outros municípios são dispersos. Contudo, em Santa Catarina cada localidade é pobre, mas tem uma estrutura quando urbanizada torna-se no centro urbano propriamente dito”, adiantou.

A perspectiva do candidato do PAICV é fazer com que haja em cada localidade um ordenamento urbano e “daí a criação de condições para o desenvolvimento cultural, desportivo e outros”.

O proponente assegurou que nesta povoação não foi feita nenhuma intervenção nos últimos quatro anos e que o que encontrou ali é o que tinha sido feito quando era o autarca do município em meados de 2012.

“As outras intervenções foram feitas na altura da liderança de Aquileu Barbosa [PAICV]. As casas que foram reabilitadas, são da família de Alberto Nunes [candidato do MpD à sua própria sucessão], ou de comerciantes como também de proprietários ou emigrantes. Por isso é que há uma revolta grande nesta localidade e não só”, afirmou.

Questionado se a zona de Fonte Aleixo foi beneficiada à base de amiguismo por parte de Alberto Nunes, Eugénio Veiga respondeu que sim, que não foi eleitoralista, mas sim “teve uma gestão familiar.

À juventude, Eugénio Veiga garante-lhes mais oportunidades, desde criação de emprego para que sejam autónomos. Para além disso, quer apostar no  desenvolvimento da pecuária e da pesca para gerar empregos aos mais jovens.

“Vamos potencializar a vocação económica”, finalizou.

O candidato do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) carrega o lema da campanha “Por Santa Catarina, nosso compromisso” e tem como adversário, Alberto Nunes do Movimento para a Democracia (MpD).

Nesta quarta-feira, o cabeça de lista estará nas localidades de Roçadas, Dacabalaio e Fonte Cabrito.

“Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram dois candidatos em Santa Catarina do Fogo, tendo o MpD (Alberto Nunes) conquistado a câmara com 1.356 votos (53,05%), e o PAICV (Waldemar Pires) 1.167 votos (45,66%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro estão inscritos 3.981 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 3.435, dos quais 2.556 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1)”.

Fonte: Inforpress