Autárquicas 2020/Ribeira Brava: Candidato do PAICV reconhece a necessidade de dar mais atenção ao vale da Ribeira Brava

Ribeira Brava, 19 Out (Inforpress) – O candidato do Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV) à presidência da câmara municipal reconhece a necessidade de dar mais atenção ao vale da Ribeira Brava, tendo em conta as fortes potencialidades agrícolas existentes.

Em declarações à Inforpress, Carlos Barbosa aponta a falta de água para a agricultura como um factor que prejudica o desenvolvimento desta actividade, que poderia estar em outro “patamar”.

“Temos de mobilizar mais água para agricultura, numa parceria com o Governo e desenvolver não só uma agricultura de subsistência como também para ter produtos para serem colocados no mercado”, salienta.

O candidato refere a existência de diferentes árvores de frutos que podem gerar rendimento às famílias, sendo também levados ao sector de transformação.

Outro problema apontado pelo candidato, que segundo o mesmo merece especial atenção, é resolver as deficiências a nível de habitação social.

Carlos Barbosa, cabeça de lista do PAICV nas eleições de 25 de Outubro, considera necessário apoiar as famílias com a requalificação ou mesmo construção de habitações e também apoiar os jovens incentivando-os a ter a sua casa própria.

Para além de Cabo Barbosa, concorre à presidência da Câmara Municipal de Ribeira Brava, o candidato do Movimento para a Democracia (MpD), José Martins.

Nas autárquicas de 2016 concorreram Pedro Morais pelo Grupo Independente da Ribeira Brava (GIRB), que somou 32,70 por cento (%) dos votos, Osvaldo Fonseca do Movimento para a Democracia (MpD) que conseguiu 32,50 % e Carlos Barbosa que ficou com 29,95 %.

Na Ribeira Brava, para as eleições do dia 25 de Outubro, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 5.606 eleitores. Em 2016 o número de inscritos foi de 5.473 dos quais apenas 3.875 votaram.

Participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (um), de Santa Catarina (um), São Domingos (um), Tarrafal de São Nicolau (um), Sal (um) Tarrafal de Santiago (dois), Praia (quatro), São Vicente (um).

Fonte: Inforpress