Autárquicas 2020/Praia: PAICV transmite mensagem de esperança no futuro no primeiro dia de campanha

Cidade da Praia, 08 Out (Inforpress) – O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) iniciou a campanha com vista às eleições de 25 de Outubro com mensagem de esperança no futuro, com uma “nova câmara municipal amiga e que apoia todos os praiense”.

A equipa do PAICV, liderada por Francisco Carvalho, esteve neste primeiro dia no bairro de Vila Nova, onde nasceu e reside o candidato, que levou hoje mensagens de esperança, através de uma nova câmara municipal, à qual, acredita, vai presidir a partir do dia 25 de Outubro.

“A mensagem que trazemos hoje para Vila Nova é a mesma que vamos levar para a Praia inteira de uma câmara que vai ser dialogante, amiga, que sabe auscultar as pessoas, uma câmara que cada praiense quando levantar da sua cama sabe que pode contar com ela, que vai estar do seu lado, e que o apoia”, avançou.

Segundo Francisco Carvalho, neste momento estão a dar continuidade ao processo de ouvir, dialogar com os praienses, e sublinha que o projecto que o PAICV vai levar para a câmara municipal, caso vença as eleições, é um projecto que representa ideias, vozes, sentimentos, sonhos e vontade de todos os praienses.

“Não é uma câmara que sufoca, que cobra somente as taxas, vamos trazer uma nova viragem, uma nova ideia de poder autárquico junto das pessoas, através de várias medidas com impacto directo nas suas vidas, com uma câmara parceira e sobretudo credível”, explicou.

Sobre o código de conduta da Comissão Nacional de Eleições (CNE) para esta campanha, tendo em conta o contexto actual da pandemia que se vive, Francisco Carvalho garante que o PAICV vai respeitar todas as medidas das autoridades, e, como  exemplo disso, adiantou que ainda antes de sair no terreno, manteve um pequeno encontro com a sua equipa, no sentido de explicar devidamente as regras das autoridades.

O lema “Praia Pa Nos Tudo” (Praia para Todos) segundo o candidato, extravasa qualquer ideia de um simples ‘slogan’, de um simples marketing de campanha, e traduz o espírito deste projecto, que quer combater o foço de desigualdade que existe na cidade da Praia.

A espectativa do PAICV é ganhar as eleições de 25 de Outubro e fazer da Praia um município inclusivo, onde se vai recuperar a ideia de paz e de segurança.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos provisoriamente nos cadernos de recenseamento 81.458 eleitores.

Além de Francisco Carvalho, concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

Participam na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 candidatos do PAICV, sete da UCID, dois do PP, sendo 1 no município da Praia e 1 para Assembleia Municipal na Boa Vista, e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4), São Vicente (1).

Fonte: Inforpress