Autárquicas 2020/Praia: PAICV promete um “novo caminho” com enfoque nas famílias

Cidade da Praia, 03 Out (Inforpress) – O candidato do PAICV à Câmara Municipal da Praia nas eleições autárquicas de 25 de Outubro, Francisco Carvalho, prometeu hoje um “novo caminho”, com enfoque nas famílias, e com investimentos que transformem a vida pessoas.

“Nós queremos começar um novo caminho que é retirar a câmara das ruas dos municípios para entrar dentro das casas das pessoas, porque temos enfoque especial nas famílias”, apontou.

Para o candidato, durante os 12 anos de governação camarária do Movimento para a Democracia (MpD, no poder) foram tomadas “medidas avulsas”, uma vez que “não houve políticas públicas para quase nada”.

Por isso, defendeu que num contexto de ausência de políticas não se pode falar em desenvolvimento, mas sim de improviso e “empurrar com a barriga”.

“Praia merece e tem condições para estar no centro do País e assumir o papel de farol da Nação” defendeu Francisco Carvalho.

Por sua vez, a presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, disse que a aposta em Francisco Carvalho por entender que a política é prestar um serviço público como missão.

“Por isso mesmo, acreditamos que esta equipa,  liderada por Francisco Carvalho,  tem de  assumir esta missão de prestar um serviço público pela causa de uma Praia para todos”, justificou.

Para Janira Hopffer Almada, todos aqueles que escolherem o município da Praia para viver merecem uma cidade que seja organizada e com políticas estruturantes.

Como cabeça de lista para a Assembleia Municipal, o PAICV apresenta Clara Marques.

As eleições autárquicas de 25 de Outubro no município da Praia contam com sete candidatos, Óscar Santo (MpD), Francisco Carvalho (PAICV) e Ana Rita Reis (Independente), Francisco Silva (UCID), Carlos Lopes – “Romeu de Lurdes (L.U.T.A) e Jeremias Garcia (MPJT)

Nas últimas eleições autárquicas de 04 de Setembro de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais do concelho da Praia, concorreram um total de cinco candidatos, tendo o MPD (Óscar Santos) alcançado 22.417 votos (62,74%), o PAICV (Cristina Fontes) alcançado 11.587 votos (32,43%), a UCID (Francisco Silva) alcançado 634 votos (1,77%), o PP (Amândio Vicente) alcançado 217 votos (0,61%), e o PTS (José Augusto Fernandes) alcançado 94 votos (0,26%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos nos cadernos eleitorais, provisoriamente, um total de 81.458 eleitores, (em 2016 o número de inscritos era de 82.198, dos quais 35.722 votaram.

OM/AA

Inforpress/Fim