Autárquicas 2020/Porto Novo: Candidato do PAICV promete devolver a Lajedos a dinâmica económica de outros tempos

Porto Novo, 14 Out (Inforpress) – O candidato do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) a presidente da câmara do Porto Novo prometeu terça-feira “valorizar” Lajedos e “devolver” a essa localidade do interior deste município “a dinâmica económica de outros tempos”.

Nilton Dias, que esteve em campanha eleitoral nessa comunidade agrícola e turística, disse que Lajedos “já teve dias melhores”, com “uma vida económica dinâmica”, com feiras de produtos locais e com projectos geradores de empregos para jovens e mulheres, actividades que, a seu ver, acabaram, nos últimos anos, por desaparecer.

Responsabilizou a equipa camarária cessante, suportada pelo Movimento para a Democracia (MpD) pela situação em que se encontra essa zona, que tinha também “uma forte tradição cultural e desportiva”, avançou.

“Queremos então valorizar Lajedos e torná-la, novamente, uma localidade dinâmica. É preciso apostar no fomento ao empreendedorismo, através de projectos geradores de rendimentos para jovens e mulheres e trazer o desenvolvimento a Lajedos”, notou o candidato do PAICV à presidência da Câmara Municipal do Porto Novo.

Segundo Nilton Dias, os jovens de Lajedos querem desenvolver a agricultura, mas, para isso, é preciso disponibilizar terrenos e mobilizar mais água.

Defende, igualmente, a fixação dos jovens nessa comunidade, através de disponibilização de terrenos para a construção das suas habitações próprias, uma forma de, no seu entender, fixar a população na sua própria localidade.

“É necessário requalificar espaços em Lajedos, elaborar um plano urbanístico para esta zona para dar aos jovens a possibilidade de construir as suas próprias habitações”, salientou ainda Nilton Dias.

Os habitantes de Lajedos reclamam melhor cobertura de saúde, exigindo a colocação de um agente sanitário nesse povoado e, a propósito, o candidato do PAICV defendeu a necessidade de o Governo avançar com o centro de saúde na zona vizinha da Ribeira das Patas, para poder beneficiar também a população de Lajedos, que, a seu ver, precisa de “melhor atenção” neste aspecto.

Nilton Dias voltou a defender um hospital para o concelho do Porto Novo, para dar às pessoas melhores condições de saúde”.

Nas autárquicas de 2016, no concelho do Porto Novo concorreram os candidatos Aníbal Azevedo Fonseca (MpD), que alcançou 49,79% dos votos, e Rosa Lopes Rocha (PAICV), que obteve 46,78%.

Para as eleições do dia 25 de Outubro, em Porto Novo, estão inscritos nos cadernos eleitorais 13.324 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 12.506, dos quais 9.066 votaram), que escolherão, a 25 de Outubro, os órgãos autárquicos para dirigirem o município nos próximos quatro.

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista, e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

Fonte: Inforpress