Autárquicas 2020/Maio: António Ramos promete apostar na pecuária, agricultura e cultura na localidade de Morro

Porto Inglês, 13 out (Inforpress) – O candidato do PAICV, António Ramos, prometeu hoje que caso vença as eleições vai apoiar os criadores de gado da localidade de Morro, na melhoria dos seus rebanhos, com a introdução de raça melhorada, bem como na mobilização de água para agricultura.

Segundo afiançou o candidato, é preciso fazer com que a quantidade de água existente naquele povoado chegue até aos agricultores com normalidade, porque na sua opinião esse povoado tem “forte vocação” para este sector.

Ramos fez saber, por outro lado, que é preciso introduzir raça melhorada na ilha e na localidade de Morro, em particular, porquanto, a pecuária é um dos pontos fortes, para que os criadores locais venham a ter melhor rendimento com as suas criações.

“Também falamos com os jovens e eles nos solicitaram a construção de uma placa desportiva moderna, porque a que existe não garante as mínimas condições aos atletas”, sublinhou acrescentando que faz parte da sua plataforma, a construção de um centro juvenil para aquela localidade, onde os jovens poderão fazer as suas pesquisas, estudos e terem acesso à internet.

António Ramos avançou também que a localidade de Morro está perto de uma das Zonas de Desenvolvimento Turístico Integrado (ZDTI), pelo que a aposta vai ser na divulgação desse potencial no sector do turismo e tentar incentivar e convencer os investidores a construírem hotéis nesse lugar, pelo que defendeu que os jovens devem apostar na formação profissional para tirarem proveito deste sector.

Entretanto, o candidato reconheceu também que a localidade de Morro tem todas as condições para ser implementado o ecoturismo, por situar tanto perto das praias de mar como das montanhas, algo que ainda pouco se tem falado e aproveitado na ilha.

A cultura, conforme referiu, também vai merecer uma atenção especial, com a dinamização do centro da cerâmica local, que considera estar a ser mal aproveitado, razão por que uma das primeiras acções será a formação de jovens, frisou.

“Queremos que quando um turista chegue à localidade de Morro possa encontrar produtos de cerâmica e para isso vamos formar os jovens e criar uma loja ali naquele centro para comercializarem as suas peças”, notou salientando que também naquela localidade existe “bons” artistas no ramo da música, mas que precisam de apoio e incentivo.

Alem de António Ramos, do PAICV, concorre a estas eleições, na ilha do Maio, Miguel Rosa, que encabeça a lista do Movimento para a Democracia (MpD) para a câmara.

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais do Maio, concorreram dois candidatos, tendo o MpD (Miguel Rosa) conquistado a câmara com 1.996 dos votos, (56,82%), e o OIAM (José Silva) alcançado 1.423 votos (40,51%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos 5.072 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 4.822, dos quais 3.503 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

Fonte: Inforpress